Saturday, February 11, 2006

Charada # 1


O Poeta, está, (deu meia-noite, agora),
Na sua Torre, só, lendo e fumando…
Batem à porta! Quem será a esta hora?
Passa uma escura borboleta, voando!

Agoiro. Alguma nova aterradora,
Algum despacho… Mas Joseph, entrando,
Antes que eu fale diz: Uma senhora,
Que me entregou este bilhete, ansiando.

Uma senhora! Com a mão gelada,
Nervoso, ansioso, pego da tarjeta
E leio: «Morte 3 rua do Nada».

Bem, Joseph! Podes-me ir fazendo a mala,
Porque, segundo as regras da etiqueta,
Não devo demorar muito em pagá-la…

Coimbra, 1889 / António Nobre

4 comments:

maria_pao said...

Relembro António Nobre com melancolia e, ao mesmo tempo, lamento palavras ditas, fruto de amor, cansaço e tristeza. Entre o grave e o contrário, só quero acreditar que me enganei nessas palavras. E assim, quanto às ameaças, agora conhecidas, gostava de ser pelo menos uma vez malcriada em público e mandar esse tipo ----- -- --! (Desculpem-me, se perceberam!)Quero ainda dizer-lhe, que se meta com os tipos da laia dele, pois eu tenho amigos e amigas que gostam tanto de mim como eu gosto deles e se for caso disso protegemo-nos, aliás como se vê!Por outro lado, também já neste espaço me sinto ligada por amizade a algumas pessoas de quem vou gostando cada vez mais.Não vou sair daqui, tenho o meu blog e espero mantê-lo, dando o meu melhor (que tem andado em baixo..., mas penso ser uma situação passageira)Obrigada.

maria_nodi said...

Vá tão, Maria, o que é isso? Eu é que não tenho juízo e tou para aqui a aconselhar-te. Não acredites em nada disso... tudo se passa como dantes, as mesmas ameaças, tudo, não ligues, manda-o ir dar uma volta e vem comigo até à praia...

maria_nodi said...

Que chata, maria_nodi! Eu tava a fazer de contas, só queria ver até onde ia a brincadeira, até pensei que podiamos criar um argumento de uma peça de teatro. Eu fazia a personagem da Maria crescida e tu a da Maria pequenina e ele podia ser o 'Sr Papão' e depois podiamos ter dois coros, um constituído por pessoas que estavam comigo e o outro seriam apoiantes dele. Os coros podiam funcionar como na peça 'Deus' do Woody Allen. Essa cabecinha anda sempre às voltas, olha estragaste tudo Maria_nodi. Tá bem, vamos à praia!

maria_pao said...

oops, o último comentário é meu, isto de ter duas personalidades é uma confusão. Sorry e beijokas.

Blog Archive

Contributors