Friday, October 20, 2006

Ser Homem

Não é preciso um homem ser
bendito entre as mulheres
para agradar ao par.

Não é preciso um homem ter
nas mãos o testo ou à cintura
briosa a bilha balançar
ou fabricar candura.

Um homem pode não ser
mãe e até ter
filhos mesmo mamas
costuras na barriga
que o período o não inibe
da literatura.

Um homem pode ser
lúbrico louvar o mal
e sem olhar a quem
há certos que se mandam para o mar
e firmam fama de artistas
sei de cor a epopeia
venda-se o olho sendo a vista dura.

Um homem inclusivamente pode
chegar à lua
e reluzir no espaço
a pila ao léu.

O que não pode um homem
segura a dama sua.


(com toda a carícia para , que não tá nem aí pra quem eu sou, e mesmo que seu novo release deixe em parte a desejar é talvez por isso: quando a gente cuida é claro que a gente curte música de foda)

1 comment:

hmbf said...

Não está Cê, mas está Efe. Bom poema.

Blog Archive

Contributors