Thursday, January 12, 2012

Cumpre que não foste

entender


falar de mar só com a boca afogada



a regularidade assusta

e eu acho isso bonito como o som de ossos na porta



cai alguma coisa

na direcção das minhas mãos e eu corto-as



sinto os cabelos

o ombro morno do coração no ombro



não me fui embora

na praia ao vento tudo o que acontece
 
Rui Costa (Março de 2009)

1 comment:

mian asad said...

Lovely post I like It very Much thanx For posting this info:)))

its all about fashion latest fashion site
that i have created just to facilitate the people with latest information about fashion
For more Information you just Have to Log-on Our website Hope
Click here

Blog Archive

Contributors